Sobre

Distopia é um termo que pode ser traduzido como antiutopia

O dicionário Houaiss define utopia como:
  1. lugar ou estado ideal, de completa felicidade e harmonia entre os indivíduos.
  2. qualquer descrição imaginativa de uma sociedade ideal, fundamentada em leis justas e em instituições político-econômicas verdadeiramente comprometidas com o bem-estar da coletividade.
  3. projeto de natureza irrealizável; quimera, fantasia.
As origens dessa palavra remontam à obra "A utopia", do escritor inglês Thomas Morus (1478-1535). Publicado em 1516, o livro faz uma crítica à sociedade inglesa da época ao descrever uma ilha imaginária que abrigaria uma sociedade ideal.

Distopia, por sua vez, foi um termo cunhado pelo filósofo e economista inglês John Stuart Mill (1806-1873), num discurso proferido ao Parlamento Britânico em 1868. Para ele, se algo utópico seria "bom demais para ser posto em prática", então seu oposto (distópico) seria "ruim demais para ser posto em prática". 

Segundo o mesmo dicionário, distopia é definida como:
  1. lugar ou estado imaginário em que se vive em condições de extrema opressão, desespero ou privação; antiutopia.
  2. qualquer representação ou descrição de uma organização social futura caracterizada por condições de vida insuportáveis, com o objetivo de criticar tendências da sociedade atual, ou parodiar utopias, alertando para os seus perigos.